Centro de Doma Vendaval, por Guilherme Genzini

 

Localizado na cidade de Boituva, próxima a cidade de São Paulo o Centro de Doma Vendaval, vem demonstrando grande qualidade e maestria na iniciação de potros, sendo referência por toda América. Inicialmente como Haras, o Vendaval, ao longo de sua história foi se transformando na paixão do Dr. Jayme e sua filha Christiana. Quando ainda como criador, foram vários animais de sucesso nascidos por ali e consequentemente continuados com sua campanha até mesmo no exterior. Passados cerca de vinte anos com esse modo de criação, os seus responsáveis mudaram o cronograma do local e alteraram o Haras para ser Centro de Doma. Foi uma decisão muito importante que até hoje sabemos o seu notório efeito. A estrutura do local é totalmente adaptada para a iniciação de potros, recuperação de alguns cavalos com problemas físicos ou de descanso. É composta por vários piquetes, principalmente individuais, onde cria muito mais conforto e segurança para os animais. É totalmente encantador ver os animais nestes espaços.

Potro em piquete individual

A rotina de um animal alojado no Haras é estabelecida em etapas. Alguns adormecem nas cocheiras e são soltos nestes já citados piquetes de manhã e a tarde. Alguns potros que estão começando o seu treinamento são domados no próprio local, em ambientes especializados e depois de concluída sua doma, os mesmos vão trotear na raia de grama ou areia instalada no próprio local. A raia de areia possui 1000 metros em volta fechada e a raia de grama contém cerca de 800 metros. As mesmas recebem constantemente manutenções e estão em perfeitos estados.

Potros na raia de areia

Para acostumar o potro, o Vendaval também possui dois partidores que ficam com as portas abertas, para os animais somente passarem por ali e se habituarem ao local da partida. Fazendo assim o animal ficar mais calmo quando são levados ao hipódromo. Também são usados dois caminhadores, para exercitarem os animais. Não é a toa que o dilema seguido pelo do Haras é o seguinte “Acreditamos que a doma deva ser um trabalho individualizado, respeitando as características de cada animal.”

Potros iniciando no partidor

Os resultados dos animais iniciados pelo Vendaval são espetaculares, como por exemplo, esta semana no Grande Prêmio Antonio Joaquim Peixoto de Castro Junior (Grupo 2) em 2400 metros na pista de grama, os três primeiros colocados, Urcath, Anakin e Tonemaí, foram iniciados no Vendaval e posteriormente levados ao hipódromo. Muitos outros grandes animais também podem ser citados como: Einsten, Light Green, Faz de Conta, Fuco, Top Hat, Eu Também, Macbeth, Movie Star, Time For Fun (hoje reprodutor), Marenostrum, Leroidesanimaux (também reprodutor nos Estados Unidos), Lots Of Hope, Irving, Hard Buck, Jockey’s Dream, Evil Knievel, Queen Desejada, Velvet Green e muito outros mais. Algo que acredito que não existe em nenhum lugar do mundo e somente um apaixonado pelos cavalos faz é o que o Sr. Jayme fez em sua sede no Haras. Ele construiu a cocheira na mesma parede da sala, e abriu uma janela para a parede, sendo assim quando alguém está na sala, o animal que fica nesta cocheira também participa deste momento. Enquanto você está sentado no sofá pode ficar ao mesmo tempo acariciando o animal.

Sala com cocheira

O ambiente em que o Haras está localizado é excelente para os animais, com terreno propicio e pastagem excelente, juntamente com fatores essenciais para os cavalos de corrida. O aprendizado com os cavalos obtidos no Haras, não tem preço e quem puder conhecer, vale totalmente a pena. A exuberância do Haras Vendaval vem se demonstrando com excelentes resultados e todos podem ser analisados com os resultados nas pistas. Queremos agradecer ao Sr. Jayme de Castro, ao Sr. Christiano e a todos no Haras que nos acolheram muitíssimo bem.

por Guilherme Genzini